16/02/2017 17:35

Carnaval: Camarote vai homenagear Adoniran Barbosa

Local terá Andreia Horta como Madrinha. A atriz viveu Elis Regina, parceira do sambista, no cinema

Por: Priscila Freitas
priscilaf@diariosp.com.br

Adriana Horta (à direita) interpretou Elis Regina, que tinha forte ligação com sambista, no cinema. Ela será a Madrinha do camarote / Fotos: Divulgação

Quando chegar a sexta-feira da semana que vem, os apaixonados pelo Carnaval estarão roendo as unhas para ver sua escola do coração passar na Avenida. Mas enquanto a agremiação favorita não pisa no Sambódromo, o Camarote Bar Bar Brahma vai apresentar um show a parte e com um homenageado especial: Adoniran Barbosa, ícone do samba.

Leia mais:

'Eterna Penélope', Ângela interpreta mãe moderna

E, para deixar o tributo com uma forte conexão entre amigos, o Camarote resolveu convidar Andreia Horta como a Madrinha de 2017. Mas o que a atriz tem em comum com Adoniran? Ela protagonizou Elis Regina no cinema, cantora que tinha uma forte ligação com o sambista.  

"Fiquei muito surpresa com o convite para ser madrinha do Camarote Bar Brahma, pois acredito que eu não era a opção óbvia e isso me deixou muito feliz", conta a atriz, que se sentiu honrada em representar o autor de "Trem das Onze". "Adoniran Barbosa é um artista popular de São Paulo, com uma obra riquíssima do samba, essa coisa absolutamente nossa. Eu adoro a música dele e acho que, em um país onde os grandes artistas costumam ser esquecidos, homenageá-lo é uma atitude muito nobre e de extremo bom gosto", exalta Andreia.

Sobre a relação do artista com sua recente personagem nas telonas ela diz: "Achei muito bacana terem feito essa conexão do Adoniran com a Elis, que acabei de interpretar no cinema. Ele a admirava tanto, e ela gravou Adoniran como ninguém, pois levava as músicas dele a sério. Todo mundo canta as grandes tragédias dele batendo na mesa, tomando cerveja gelada e rindo, mas Elis reverteu isso na interpretação dela e deu para as músicas do Adoniran a dimensão trágica que elas realmente têm", finaliza.

Além da presença ilustre da Madrinha do Camarote, não poderia faltar, claro, os shows, que acontecem nos intervalos dos desfiles para não tirar o brilho da Avenida.

Estarão no palco Zeca Pagodinho, Ivo Meirelles, Demônios da Garoa, Arlindo Cruz, Baile do Bem e Sandamí. Todos eles vão incluir em seus repertórios clássicos de Adoniran Barbosa.

"O samba bem-humorado de Adoniran Barbosa foi e é fonte de inspiração para grandes músicos do segmento. A primeira música que conheci desse grande artista foi 'Tiro ao Àlvaro' na interpretação de Elis Regina, desde então passei a ouvir toda sua obra e me tornei fã", conta Sandamí, que cantará duas músicas do artista: "Trem das Onze" e "Tiro ao Álvaro".


Compartilhe: