04/01/2017 13:30

Sergio Marone revela nervosismo: 'ao vivo assusta'

Ator valoriza a chance de mostrar seu lado apresentador no 'Hoje em Dia'

Por: Luciano Guaraldo
lucianog@diariosp.com.br

Foto: Divulgação

O público do matinal “Hoje em Dia”, da Record, deparou-se com um rosto diferente na segunda-feira (2): Sergio Marone, que roubou a cena como o faraó Ramsés de “Os Dez Mandamentos”, fez sua estreia na atração ao lado de Ticiane Pinheiro e Renata Alves – Ana Hickmann completa o quarteto a partir de segunda-feira.

Leia mais:

Cissa Guimarães começa o ano com tudo na Globo

José Loreto celebra chance interpretar Aldo

A participação de Marone no programa tem data de validade, já que ele está apenas cobrindo as férias de Cesar Filho, mas já dá um gostinho de quais podem ser os próximos passos do ator. Afinal, ele já revelou que deseja seguir carreira como apresentador. Porém, nega que o “Hoje em Dia” seja um teste para uma eventual atração própria. “Não encaro dessa forma. Só penso em aproveitar as oportunidades que a casa me dá. A Record sempre foi muito querida comigo e sou grato por mais essa chance”, minimiza ele, que também comandou o especial de fim de ano “Família Record”. “Não sinto essa responsabilidade de ser ou um não um teste. É a mesma responsabilidade que tenho com todos os trabalhos.  Como eu disse no começo do programa, é muito bom fazer parte da vida das pessoas, seja em novelas ou apresentando.”

Por estar no lugar de Cesar, Sergio estreou com a missão de comandar a parte jornalística do “Hoje em Dia”. “Fiquei nervoso, fui bem sincero sobre isso. É uma coisa totalmente nova para mim, não sou jornalista e estava ali, dando notícias. Mas é uma experiência, um aprendizado, e o retorno do público foi muito carinhoso”, diz.

Ao vivo

E, se “atacar” de jornalista já não fosse pressão o suficiente, ele ainda destaca o fato de estar ao vivo no ar. “É desafiador, você tem de estar sempre ligado. Claro que assusta, dá aquele medo de errar, mas faz parte e você tem de estar preparado para isso também”, conta ele, que recebeu dicas do próprio Cesar para lidar com o teleprompter (equipamento que exibe o texto a ser lido).

Paulistano, Sergio valoriza a chance de estar em São Paulo depois de anos morando no Rio de Janeiro, onde a Record grava suas novelas. “Adoro essa cidade, estou em um hotel que fica próximo a vários cinemas alternativos. E nessa época do ano a cidade está quase deserta, não tem trânsito nenhum. É maravilhoso (risos)”, diverte-se.


Compartilhe: