23/02/2013 20:29

Sai revisão para 6,5 mil aposentados só em SP

Os processos serão pagos em março. Cada segurado vai receber aproximadamente R$ 9.342 de correção

Por: Carol Rocha
carol.rocha@diariosp.com.br

O CJF (Conselho da Justiça Federal) liberou ontem R$ 248,4 milhões para o pagamento dos beneficiários que ganharam processos de revisões de aposentadorias, pensões e outros benefícios na Justiça federal em todo o país.

Os atrasados (valores não pagos pelo instituto nos últimos cinco anos) serão liberados no próximo dia 10 de março para 36.830 segurados em 33.017 ações contra o INSS.

O pagamento será feito na conta em nome do favorecido no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal.

No âmbito do TRF-3 (Tribunal Regional da 3ª Região), que inclui os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, foram beneficiados 6.559 segurados da Previdência Social que têm 5.888 processos. O valor total das correções dessas ações soma R$ 61,3 milhões.

Em média, para cada beneficiário com processo no TRF-3 serão pagos R$ 9.342. O crédito é feito por meio de RPV (Requisição de Pequeno Valor), que não pode ser superior a 60 salários mínimos, que soma atualmente R$ 40.680.

Se o valor dos atrasados for maior do que esse limite, o segurado pode escolher entre receber o valor integral em forma de precatórios ou abrir mão da diferença e ganhar mais rapidamente em forma de RPV.

Caso o beneficiário escolha o precatório, para receber o valor integral, a solicitação deve ser feita até o dia 30 de junho. Neste caso, o dinheiro sai no primeiro semestre de 2014.

pesquisa/ A consulta para saber quem vai receber os atrasados pode ser feita no site do TRF-3, no endereço www.trf3.
jus.br. Na mesma página é informado o valor da correção estipulado pela Justiça (veja ao lado o passo a passo da consulta). O tribunal só faz a solicitação do pagamento dos atrasados quando não há mais chance de recurso para o INSS.


Compartilhe: