06/06/2012 22:49

Rosenberg chama o time de medíocre


Vice-presidente do Corinthians, Rosenberg criticou duramente a equipe / Arquivo/Diário SP


Vice-presidente do Corinthians, Luiz Paulo Rosenberg exagerou nas críticas ao time em um debate sobre gestão esportiva, na noite da última terça-feira. O cartola chamou a equipe atual de medíocre e, por esse motivo, disse acreditar que o marketing é feito apenas em cima da torcida alvinegra.

“O Corinthians faz marketing em cima da torcida. Nosso time é medíocre. E não acredito que um corintiano seja mais corintiano do que um palmeirense é palmeirense. Mas nós amamos amar isso. Esse conceito culminou com a República Popular do Corinthians”, disse Rosenberg, segundo  o site UOL.

O cartola alvinegro até tentou corrigir o estrago depois, amenizando as críticas, mas já era tarde para isso. “Medíocre de mediano. Não temos um grande craque ou uma grande estrela. Mas claro que o time é bom”, declarou o dirigente.

As críticas não ficaram restritas ao elenco alvinegro. Rosenberg estava “empolgado” nas declarações. Além das piadinhas feitas com o presidente do Santos, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, que também estava no evento, sobrou até para o presidente da CBF, José Maria Marín.

“Não estou vendo velho político. Estou vendo político velho. É sensível quando não está dormindo em reunião”, afirmou o diretor alvinegro, fazendo referência aos 80 anos de idade de Marin. 

Marketing/ Rosenberg aproveitou, também, para falar um pouco sobre um assunto que entende: marketing. Responsável por esse setor no clube na gestão de Andrés Sanchez, ele criticou o fato de a duração do Paulistão interferir em possíveis amistosos internacionais.

“Não admito jogar Campeonato Paulista por quatro meses. O Corinthians teve de rejeitar US$ 1 milhão (R$ 1,93 milhão)  em amistosos fora do país para jogar contra o Linense. Que me desculpem... A Federação (Paulista de Futebol) se mete em vender placa sem passar aos clubes e assina contratos de natureza duvidosa”, finalizou.




Compartilhe: