02/06/2012 00:09

Fabrício passa ileso por teste com a Lusa B


Fabrício ficou quase 50 minutos em campo contra a Portuguesa B / Bruno Poletti/Diário SP


Em jogos oficiais, Fabrício ainda não conseguiu completar 90 minutos atuando pelo São Paulo. Em três duelos, permaneceu 81 minutos em campo. Nesta sexta-feira, porém, o volante suportou quase 50 minutos no jogo-treino contra a Portuguesa B, no CT da Barra Funda.

O São Paulo acabou vencendo, de virada, por 2 a 1 (gols de Maicon e Fernandinho), mas a melhor notícia para o técnico Leão foi a resistência apresentada pelo camisa 8.

“No primeiro tempo, ele segurou o condicionamento físico durante 35 minutos. No segundo, com dez minutos, ele perdeu esse condicionamento e começaria a prejudicá-lo. Resolvi tirá-lo. Mas hoje ele bateu seu recorde”,  analisou Leão.

Devido à perda de fôlego do atleta, o técnico ainda não considera utilizá-lo durante um jogo inteiro. Ou seja, apesar de liberado pelo departamento médico, Fabrício não deve começar o duelo com o Inter, quarta que vem, pelo Brasileirão.

“Ele não tem condições de jogar 90 minutos. Vamos observá-los nos próximos dias. Enquanto não estiver no padrão que esperamos, não vai atuar”, justificou-se o treinador.

Na briga/ Contratado no início da temporada com status de titular, Fabrício viu sua situação mudar depois de três lesões.

Recuperado de um estiramento na panturrilha direita, o volante terá de brigar para conseguir uma vaga na equipe titular. “Agora, ele entra na disputa com outros atletas”, avisou Leão. Satisfeito com o rendimento de seus atuais titulares no setor, o treinador evitou fazer uma avaliação de Fabrício.

“Ele ainda não se apresentou na sua plenitude. Então, não posso julgá-lo”, falou. “Só posso fazer isso depois que ele fizer quatro jogos seguidos como titular, jogando os 90 minutos.”

 




Compartilhe: