22/11/2013 22:09

O chileno Vargas quer jogar no Santos


O gremista Vargas pode reforçar o Santos na próxima temporada / Lucas Uebel/Grêmio FBPA


POR: Luciano Ribeiro / Santos
luciano.ribeiro@diariosp.com.br

O Santos quer Vargas. E Vargas quer muito o Santos. Por isso, o clube não encontra dificuldade alguma para entrar em acordo com o atacante do Grêmio.

Emprestado até o fim desta temporada pelo Napoli-ITA, o jogador chileno pede de salário os mesmos US$ 120 mil (aproximadamente R$ 270 mil) que ganha no Sul. O Peixe já avisou: concorda em pagar tal valor.

O acerto, obviamente, é verbal. Vargas ainda tem contrato com o Grêmio e o Santos precisa concluir a negociação com o Napoli. O agente do goleiro Rafael, Paulo Afonso, é quem está à frente da negociação a pedido da direção alvinegra — tem bom trânsito no clube italiano.

Foi ele quem conversou com Vargas e deu a boa notícia à cúpula santista sobre o acerto salarial. Também é Paulo Afonso quem está em contato com dirigentes do time napolitano.

Dívida/ O Napoli pretende vender pelo menos 50% dos direitos econômicos do atacante para o Peixe. Inicialmente, a ideia alvinegra era tentar um empréstimo, mas, diante da persistência dos europeus, a direção cogita comprar uma parte do jogador, perdoando uma dívida recente.

O clube italiano deve uma boa parte dos R$ 16 milhões que ficou de pagar ao Santos na compra do goleiro Rafael, em julho — desse montante, o  Peixe ficaria com  70%, enquanto  os outros 30% seriam divididos entre empresários e o jogador. 

Com esse abatimento,  o Alvinegro praiano colocaria mais uma verba menor e compraria um percentual de Vargas.

Aos 23 anos, o chileno faz a diretoria santista  acreditar que ainda pode render algum dinheiro no futuro, mesmo depois de ter passado sem sucesso por um clube médio da Itália.

Para tudo isso virar realidade, porém, o próximo passo é convencer o Napoli a topar o negócio. Missão que a direção não se dá ao trabalho de cumprir. Está nas mãos de um intermediário.





Compartilhe: