Diário de S. Paulo

09/01/2018 - 13:47

Protagonista em 'Deus Salve o Rei', Marina fala de sua personagem

Atriz dá detalhes sobre a vida de casada e revela planos

Por: Bárbara Saryne / Rio de Janeiro
[email protected]

Foto:

Marina Ruy Barbosa fala baixo, devagar, pede desculpa quando não entende a pergunta e gesticula discretamente. A educação e a beleza chamam atenção logo de cara, a impressão que dá é que a ruiva saiu de um conto de fadas. “Sempre gostei de histórias com príncipes e princesas”, diz ela, que a partir de hoje aparecerá na telinha da Globo como Amália, a plebeia que vai conquistar o coração de Afonso (Rômulo Estrela), príncipe do reino de Montemor, na nova novela das 19h, “Deus Salve o Rei”.

“Eu sempre lutei pela minha carreira, por aquilo que eu queria, e a Amália também tem essa força, essa determinação”, conta a artista, que realiza o sonho de fazer uma novela de época de um jeito mais que especial: para a produção do autor Daniel Adjafre, com direção artística de Fabricio Mamberti, a Globo investiu pesado nos efeitos especiais e, não à toa, o primeiro capítulo do folhetim medieval será exibido nos cinemas.

“Aqui a gente trabalha usando a imaginação, o chroma key (fundo de tela verde), roupas e cenários diferentes. Faço uma personagem forte, com uma equipe muito competente e diferente, de um jeito que nunca foi feito no Brasil”, exalta a atriz.

Em novembro do ano passado, um incêndio atingiu parte dos cenários da novela, mas o problema foi superado e não comprometeu o andamento das gravações da trama, que vai cumprir a agenda e estrear no dia previsto. Nos bastidores, o clima é de união e alegria. Marina conta que já tem um ritual para entrar em cena, garante que a união da produção ajudou a Globo a superar o prejuízo, mas, quando resolve falar da ficção, sabe que o enredo é bem diferente.

“Deus Salve o Rei” contará a história de dois reinos: Montemor e Artena. O primeiro, rico em minério, e o outro, abundante em água. Até aqui, um acordo de paz garantia a troca dos recursos entre eles. A paz fica ameaçada, no entanto, quando Catarina (Bruna Marquezine), herdeira do trono de Artena, resolve se aproveitar de Montemor, que fica estremecido ao ver seu possível rei, Afonso (Rômulo Estrela), abdicar do trono para viver ao lado de uma plebeia. “A Amália é uma guerreira, mas tem seu lado romântico, acredita no amor, acredita que pode casar com o cara que ama e ser feliz para sempre”, afirma Marina.

Recém-casada com o empresário Xande Negrão, a ruiva diz que pensa como a plebeia, por isso casou cedo, aos 22 anos, mas não pensa em ser mamãe agora. “Eu vou sentir quando for a hora certa”, diz ela. Confirmada na próxima novela de Aguinaldo Silva, a jovem vai emendar um trabalho no outro e tem todo o apoio do marido.“Se ele não me entendesse, eu não estaria com ele porque ele já me conheceu trabalhando, já me conheceu atriz”, revela.

Mais que amigas

Marina Ruy Barbosa e Bruna Marquezine já estudaram juntas, dividiram o “namoradinho” e começaram a trabalhar na televisão cedo, mas nunca fizeram uma novela juntas. Agora, em “Deus Salve o Rei”, a Globo resolveu, finalmente, apostar na dupla. Na trama, as duas serão rivais, mas o clima é de amor nos bastidores. Na festa de lançamento do folhetim, Marina e Bruna não se desgrudaram! Ao DIÁRIO, a ruiva se emocionou ao falar da parceria: “A gente começou muito pequena, com muitos sonhos. É legal estar com a Bruna neste momento. Eu admiro muito essas meninas que começaram pequenas e estão aí, como a Isabelle Drummond. É muito bacana ver duas meninas se transformando em mulheres, crescendo, cada uma com seu jeito, seu estilo, mas que estão aí, fazendo o que amam”.

Casamento

Amália, personagem de Marina em “Deus Salve o Rei”, já está ajudando a atriz na vida de casada. Antes de começar a gravar a novela, a jovem conta que nem passava perto do fogão. Agora, depois de fazer uma preparação de elenco com a equipe de Ana Maria Braga, a atriz está arrasando nos caldos. “Tirando isso, o que mudou na minha vida foi que ganhei um sobrenome a mais (risos). O Xande divide as tarefas comigo, ele é um bom dono de casa também”, diz.

Sem luxo

Há quem diga que Marina gosta de aparecer com seus “looks bafônicos”. A ruiva, no entanto, diz que fica chateada com a abordagem da imprensa e revela que muitas roupas do seu guarda-roupa são de lojas acessíveis ou até mesmo emprestadas pelas marcas. “Ninguém se importa se eu noivei, mas se importa com o valor do anel. Fica parecendo uma ostentação, uma coisa fútil.”

Escritora

No mês passado, a atriz lançou o livro de poesia “Inspirações”. Com muitos seguidores na web, ela conta que sempre teve a oportunidade de estudar em colégios bons e se sentia no dever de passar um pouco de conhecimento para frente, incentivar os jovens à leitura. Quando recebeu o convite da Companhia das Letras, a jovem pensou duas vezes antes de aceitar, mas resolveu dizer “sim”. “Eu pensei: ‘Quer saber? Dane-se! Se eu ficar preocupada com o que podem falar, nunca vou sair do lugar’”, revela.


Compartilhe: