Diário de S. Paulo

12/01/2018 - 18:27

Sasha chega e Peixe segue luta por Gabigol

Haja paciência, torcedor santista... Apresentado, Sasha admite que vai precisar de uma semana para estar preparado. Diretoria faz contraproposta e aguarda desfecho com a Inter de Milão por Gabigol

Foto: /Ivan Storti/Santos

Com o clube ainda em busca de reforços para esta temporada, o torcedor do Santos terá de exercitar um pouco mais a paciência. Seja em relação a quem já acertou ou ainda sobre quem está tentando se acertar com o Peixe.

Nesta sexta-feira (12), o atacante Eduardo Sasha foi apresentado, mas, apesar da motivação com que chegou ao novo clube, avisou que ainda não está fisicamente pronto para entrar em ação.

"Eu me apresentei no Inter, mas só fiz a parte clínica. Comecei no Santos os treinos mais pesados. Tem bastante coisa para recuperar da semana perdida, ainda. Mas, com certeza, em mais uma semana estarei preparado", explicou.

A espera também virou a tônica da tentativa de fechar com Gabigol. A Inter de Milão quer receber 3 milhões de euros (aproximadamente R$ 11,6 milhões) à vista para emprestá-lo. Além disso, o Alvinegro teria de ajudar a pagar uma parte do salário do atleta, estimado em R$ 1,2 milhão por mês. Condições que o Santos não tem como atender, atualmente.

Em busca de um acordo que funcione para todos, o presidente do Peixe, José Carlos Peres, confirmou que o clube encaminhou uma contraproposta aos italianos. Além disso, o dirigente espera que o próprio jogador tente ajudar, com uma liberação.

"Estamos aguardando. Também tem de ter esforço do atleta. Mas, do nosso lado, está fechado. Não vamos além, chegamos no limite", afirmou o dirigente.

em campo/ Com ou sem Gabigol no time, Sasha mostrou segurança caso tenha de assumir a posição de centroavante da equipe.

"Fiz toda a minha base jogando como extremo (pelas laterais), mas, sempre que precisava de uma pessoa fixa na frente, pude contribuir. Caso o professor (Jair Ventura) precise, não será nenhuma novidade e será tranquilo", disse o jogador, que vai jogar com a camisa 27.

Sasha prometeu um futebol sem firula, nem enrolação, mas eficiente e solidário no grupo. "O meu futebol é simples e objetivo para chegar na frente e ajudar na defesa. Espero que dê tudo certo", completou o atacante gaúcho, de 25 anos.

O reforço chega ao Peixe por empréstimo junto ao Internacional até o fim desta temporada.


Compartilhe: