Diário de S. Paulo

02/01/2018 - 16:31

Palmeiras anuncia o zagueiro Emerson Santos

Jogador já estava acertado desde setembro do ano passado. Missão, agora, é segurar Mina

Foto: /Palmeiras/Site oficial

Não foi novidade alguma, na verdade. Mas o Palmeiras confirmou nesta terça-feira (2) Emerson Santos como o quinto reforço para a temporada deste ano. O zagueiro assinou contrato com o clube até o fim de 2022.

O acerto, no entanto, foi feito em setembro do ano passado. O Verdão só oficializou tudo agora porque o jogador tinha contrato até o Alvinegro carioca até 31 de dezembro. Como não pagou nada para tirá-lo do Fogão, aliás, o clube não fez esforço algum para liberá-lo com antecedência.

O Alviverde, aliás, deu um pequeno "chapéu" no arquirrival Corinthians para ficar com o defensor. Isso porque o Alvinegro negociava com ele, mas, depois de enfrentar o Botafogo, no Rio, o diretor de futebol palmeirense, Alexandre Mattos, foi mais rápido, se reuniu com o atleta e fechou.

Emerson chega para ser a sexta opção na defesa do Verdão. Ao que tudo indica, a dupla que tem mais chances de começar o ano como titular é formada por Mina e Edu Dracena. As demais opções são Luan, Juninho e Antônio Carlos - não necessariamente nesta ordem na preferência do técnico Roger Machado.

Agora, a diretoria trabalha para manter esse número. Isso porque existe a possibilidade de um deles - o principal - ir embora em breve...

Sai pra lá, Barça!/ Quem pode sair, claro, é Mina. O colombiano já tem um acerto com o Barcelona, para se transferir depois da Copa do Mundo da Rússia, em julho. Para isso, os catalães pagaram 9 milhões de euros (R$ 35,4 milhões) aos brasileiros.

O problema é que o gigante europeu tem a intenção de antecipar a ida do beque. E, para isso, estaria disposto a pagar 2 milhões de euros (R$ 7,8 milhões) adicionais.

O Palmeiras é contra essa possibilidade e não pretende liberar Mina, mas conta com a mesma postura do atleta para não ter um problema relacionado a esse assunto.

A pressa do Barcelona se deve ao fato de o clube estar perdendo um dos seus jogadores para a posição. O argentino Mascherano, que perdeu espaço na equipe, nos últimos meses, está negociando a transferência para o futebol chinês, para o Hebei Fortune. Segundo o jornal espanhol "Sport", a decisão já está tomada e o anúncio oficial será feito nos próximos dias.

Em junho de 2016, o ex-presidente Paulo Nobre pagou R$ 12 milhões para tirar Mina do Santa Fe (COL). Agora, vai recuperar o dinheiro.

O clube ficará com o lucro.


Compartilhe: