Diário de S. Paulo

05/12/2017 - 17:38

Modesto descarta negociação por Victor Ferraz

Presidente do Santos se encontra com Leco e descarta qualquer possibilidade de negociar lateral-direito Victor Ferraz com o São Paulo. Por mais que Dorival queira...

Por: Ana Canhedo
[email protected]

Foto: Ivan Storti/Santos

O torcedor santista pode respirar aliviado, no que diz respeito a perder mais um jogador para um clube rival. Pelo menos, é o que garante Modesto Roma Jr. Depois de ver Lucas Lima assinar um contrato milionário com o Palmeiras, o presidente alvinegro descartou qualquer possibilidade de negociar o lateral Victor Ferraz com o São Paulo na próxima temporada.

Nesta terça-feira (5), durante evento da FPF (Federação Paulista de Futebol), Modesto conversou com Carlos Augusto de Barros e Silva, presidente tricolor, e deu à imprensa um panorama da situação do jogador.

"Esse assunto está encerrado. Conversei com o Leco sobre o Victor Ferraz, inclusive hoje (terça). Não tem negociação. Conversamos e não existe nenhuma possibilidade de ele sair do Santos", disse Modesto, após a conversa.

Ferraz é desejo do técnico Dorival Júnior. Os dois trabalharam juntos durante quase dois anos no Peixe, período no qual o lateral sempre foi titular absoluto. Ao DIÁRIO, o treinador do São Paulo confirmou a vontade de voltar a comandar o paraibano, de 29 anos, cujo vínculo vencerá apenas no fim de 2019.

Leco e Modesto têm boa relação e dificilmente o mandatário são-paulino vai forçar algum tipo de situação. Entretanto, o Santos passa por período eleitoral. No próximo sábado, será eleito o presidente para o triênio seguinte. Modesto concorre à reeleição. Caso um novo candidato assuma o clube, o cenário pode mudar totalmente.

Outro ponto a ser lembrado é o quase acerto do lateral-direito Nino Paraíba com o Bahia. O jogador estava nos planos do Alvinegro para 2018. Ontem, ele foi dispensado pela Ponte Preta e se aproximou do Tricolor de Aço.

Sem Ferraz, o Peixe ficaria apenas com Daniel Guedes no plantel atual, já que Matheus Ribeiro não está nos planos para a próxima temporada.

OLHO NO MERCADO/ O São Paulo, por sua vez, não deverá deixar de insistir na contratação de um lateral-direito. No fim da temporada atual, Dorival Júnior passou a escalar Éder Militão improvisadamente no setor, já que as opções disponíveis no elenco não agradam ao comandante.

O primeiro é Buffarini, contratado do argentino San Lorenzo. O gringo não deverá permanecer em 2018. Em baixa, Bruno seria a opção natural para o setor, mas também não tem bom prognóstico para os próximos meses.

Como Ferraz foi uma indicação direta de Dorival, a tendência é de que a contratação de uma nova peça para o setor seja feita apenas na próxima temporada, já que o treinador, atualmente, curte férias nos Estados Unidos e deverá ser consultado antes da decisão.

A tendência é de que o Tricolor busque um nome no mercado nacional. Dudu, do Figueirense, e Cristovam, do Paraná, aparecem como opções para o Tricolor. O primeiro já estaria em conversa com a diretoria do clube.


Compartilhe: