Diário de S. Paulo

07/12/2017 - 13:10

'Tem que votar este ano, em 2018 será difícil', diz Temer sobre reforma

'Em 2018 será muito mais difícil colocar a matéria em votação, porque será ano eleitoral. Temos que resolver isso neste ano'

Por: Agência G1

Foto: Reprodução Google

No jantar no Palácio da Alvorada com aliados nesta quarta-feira (6), o presidente Michel Temer foi direto ao falar que era preciso votar ainda em 2017 a reforma da Previdência:

"Em 2018 será muito mais difícil colocar a matéria em votação, porque será ano eleitoral. Temos que resolver isso neste ano."

Na sua fala, Temer disse que o governo conseguiu aprovar reformas importantes, mas enfrentou problemas políticos, e que mesmo assim a economia mostra bons resultados. Ele fez referência às quedas da inflação e da taxa de juros, que atingiu o menor patamar histórico.

"Mas se a gente não aprovar a reforma da Previdência, todo esforço terá sido em vão", insistiu Temer, destacando que as mudanças previdenciárias são fundamentais para a economia do país.

Como revelou o Blog, ainda na noite desta quarta-feira, enquanto acontecia a reunião, Temer se mostrou firme e decidido a votar ainda em 2017 a reforma da Previdência.

Como a contabilidade feita na noite da quarta ainda não havia atingido o número seguro de votos a favor da reforma para iniciar a votação, haverá ainda uma nova reunião nesta quinta para tentar definir o calendário.

O governo precisa correr contra o tempo, porque só restam duas semanas antes do recesso parlamentar.


Compartilhe: