Diário de S. Paulo

06/12/2017 - 17:53

Cisne Negro Cia de Dança apresenta 'O Quebra-Nozes'

Por: As Flávias
[email protected]

Foto: / Divulgação

A Cisne Negro Cia de Dança já está pronta para entrar em cena novamente com o espetáculo natalino "O Quebra-Nozes", de Tchaikovsky (1891). A obra entra em cartaz dia 9 de dezembro, sábado, no Teatro Alfa, com sessões até o dia 20 de dezembro, com matinês aos sábados e domingos. Além do elenco oficial da companhia, participam também solistas que são primeiros-bailarinos das companhias que fazem parte. Tradicional na cidade, o espetáculo recebeu em 2012 o Prêmio Governador do Estado como "Melhor Espetáculo de Dança" - preferência popular.

Com direção artística de Hulda Bittencourt e Dany Bittencourt, conta com a colaboração de ensaiadores renomados na área da dança, a ex-primeira bailarina da Ópera de Wiesbaden na Alemanha, maître Daniela Severian, e a ensaiadora da Cisne Negro Cia de Dança Patrícia Alquezar. Este ano também contou com a consultoria artística de Ana Botafogo.

A obra produzida pela Cisne Negro foi apresentada pela primeira vez em 1983 sob a direção de Hulda Bittencourt, recebendo naquele ano o prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), como Melhor Espetáculo de Dança. Desde então, foi incorporado ao repertório da Cisne Negro Cia de Dança até os dias de hoje. Uma das marcas do grupo é renovar o espetáculo a cada ano, emprestando a ele um toque de originalidade e inovação sem perder sua essência. A diversidade pode ser vista tanto nas coreografias quanto na montagem cênica.

Nos efeitos especiais circenses e na acrobacia de tecido contará com o Circo Escola Picadeiro, considerada uma das mais respeitadas escolas circenses do país, fundada em 1983 por Wilson Moura Leite, que tem em seu currículo grande número de ex-alunos atuando em importantes companhias no exterior, alguns deles inclusive no Cirque Du Soleil.

Encenado em dois atos, o balé conta a fantasia de Clara, uma menina que na noite de Natal ganha muitos presentes, mas se encanta de uma maneira especial por um deles, um boneco quebra nozes. Quando todos vão dormir, Clara vai à sala para brincar com seu novo presente, adormece e entra no mundo da fantasia. Os brinquedos ganham vida, dançam, lutam, viajam para O Reino das Neves e Reino dos Doces, onde Clara e seu príncipe são homenageados com danças típicas de vários países e com um gracioso pas-de-deux da Fada Açucarada. A criação de "O Quebra-Nozes" foi inspirada em uma adaptação francesa de um trecho do conto Nussknacker und Mauserkonig (Quebra-Nozes e o Rei dos Camundongos), de Hoffmann. Tchaikovsky se encantou com as colorações sinistras e fantásticas que envolvem a história e compôs a música para o ballet. O resultado é uma obra repleta de fantasia e romantismo.


Compartilhe:

SOBRE As Flávias

Flavia Goldstein iniciou os estudos com a Dança Clássica, mas também se envolveu com Jazz, Danças étnicas e Dança Moderna. Em 1979 foi morar em Nova York, onde estudou com vários professores consagrados,(HORTON) Anne Marie Forsythe,(MARTHA GRAHAN), Patrick K.Thomas,(JAZZ LUIGI) Luigi ,(JAZZ BROODWAY), Frank Hacheeck e Jojo Smith. Flávia Viana é jornalista e tem a dança como uma de suas grandes paixões de vida. Deu os seus primeiros passos no ballet aos oito anos de idade. Agora resolveu misturar a arte de escrever com o ballet. É empresária de comunicação e hoje desliza na ponta dos pés para alimentar um sentimento que só quem ama a dança sabe explicar.