Diário de S. Paulo

29/12/2017 - 19:04

'A Origem do Dragão' tem embate lendário

Baseado na história de Bruce Lee, 'A Origem do Dragão' é um passatempo com cara de Sessão da Tarde, mas com boas cenas de luta

Por: Giovanni Oliveira
[email protected]

Foto: Youtube

São Francisco, Estados Unidos, 1965. O ano que marca a metade da década de 1960 poderia ter sido lembrado apenas por este motivo. Mas neste ano, alguns poucos felizardos tiveram a chance de assistir um embate entre a lenda das artes marciais Bruce Lee e o mestre de kung fu Wong Jack Man.

Baseado em fatos reais, o filme de George Nolfi procura elucidar os motivos que levaram os dois grandes talentos do kung fu a se enfrentar. Antes de ser reconhecido no mundo inteiro, Lee (interpretado por Philip Ng) dava aulas de artes marciais na Califórnia. Esta atitude era mal vista pela comunidade chinesa, que entendia a prática do kung fu como algo exclusivo do povo chinês.

É nesta época que, buscando redenção após um ato criminoso cometido durante uma exibição de combate, o mestre Wong Jack Man (interpretado por Xia Yu) chega na América. Lee, que treinou no templo onde Jack Man se tornou mestre, encara esta chegada como um tipo de intimidação frente às suas aulas e visão do kung fu.

Impulsionado por um de seus alunos, Lee propõe uma luta contra Jack Man para enfim estabelecer qual dos dois era o melhor. Paralela a esta trama principal, o aluno Steve (Billy Magnussen) luta para libertar uma jovem imigrante das mãos de uma mafiosa chinesa, e ainda tenta encontrar seu lugar no kung fu.

Com cenas de luta muito bem coreografadas, com destaque para o enfrentamento de Bruce Lee e Wong Jack Man, o filme não traz elementos novos para o gênero ação e apresenta uma visão um pouco distorcida do confronto de Lee e Jack Man. Sem grandes momentos épicos fora as lutas, o longa é um passatempo com cara de Sessão da Tarde que deve agradar os amantes de filmes com temáticas orientais, mas apenas isso.

Confira o trailer:


Compartilhe: