Diário de S. Paulo

10/10/2017 - 19:53

ROTA apreende duas toneladas de drogas

Foto: Divulgação

Nos últimos meses a ROTA vem expandindo sua presença nas ruas de São Paulo usando diferentes táticas de combate à criminalidade. A mais conhecida, e uma das mais eficientes, é a ronda individual, feita por um pelotão composto por quatro ou cinco viaturas que ficam espalhadas numa determinada área, patrulhando de forma passiva, sem um alvo específico. Em caso de necessidade todas viaturas podem rapidamente se reunir para uma apoiar a outra. Os resultados desse tipo patrulhamento são muito positivos, além de prisões e apreensões de drogas, armas e produtos de roubo, a ROTA captura muito material de inteligência, como nomes, endereços, veículos usados para transporte de entorpecentes e a contabilidade do crime.

Ao contrário das patrulhas regulares que são feitas individualmente, em uma área maior e de forma aleatória, nesse outro tipo de operação o alvo e sua localização são previamente conhecidos e o Pelotão de Rota converge em grupo. Foi exatamente esse tipo de situação que aconteceu no último fim de semana, quando duas operações separadas resultaram numa apreensão de mais de duas toneladas de drogas, desestruturando redes de armazenamento e distribuição do tráfico. Como essas operações envolveram determinadas ações da áreas de inteligência, os nomes dos Policiais de ROTA que a executaram serão preservados.


Compartilhe: