Diário de S. Paulo

09/10/2017 - 18:17

Um Rio de lamentações e tristeza

Foto: Reprodução

Tranquilidade é uma palavra que não pode ser aplicada ao Rio de Janeiro, definitivamente. No domingo (8), mais um episódio de violência, desta vez na Baixada Fluminense, com um ataque a tiros em um bar deixando de saldo um morto e oito feridos. Tiroteios aconteceram novamente na Rocinha. Cenas que infelizmente estão se tornando rotineiras na vida dos cariocas. Uma recente pesquisa do Instituto Datafolha, segundo a qual 72% dos entrevistados disseram que se pudessem, deixariam o Rio de Janeiro por causa da violência. Vejam bem, sete a cada dez moradores do Rio gostariam de ir embora, por medo. A alegria da cidade foi trocada pelo insegurança permanente, na qual só as facções criminosas acabam ganhando.


Compartilhe:

SOBRE Nossa Opinião

Editorial do jornal Diário de S. Paulo