Diário de S. Paulo

11/09/2017 - 17:06

SBT é denunciado por publicidade no YouTube

A emissora teria feito propaganda para crianças, após anúncios de uma marca de refrigerante veiculados no canal de Juju Almeida, personagem de Maísa Silva, em 'Carrinha de Anjo'

Por: Assinatura / cidade
@diariosp.com.br

Foto:  Divulgalção/SBT

Publicidade direcionada para as crianças é crime e isso também vale para internet. Por esse motivo, o SBT foi denunciado pelo instituto Criança e Consumo, divisão do Alana, por veicular anúncios de uma marca de refrigerante no canal do YouTube mantido por Juju Almeida, personagem de Maísa Silva na novela "Carinha de Anjo". De acordo com informações do portal Tele Padi, a denúncia foi enviada ao Procon.

Ainda de acordo o site, em ações de Dias das Mães e de Dia dos Pais, as personagens cantam o jingle da marca Dolly e "os roteiros e enquadramentos mostram, de maneira proposital, o mascote da marca, deixando evidente a estratégia da empresa de falar diretamente com as crianças que assistem o canal da Juju", diz a denúncia.

"Chama a atenção uma emissora de TV criar um canal fictício no YouTube como uma extensão de uma telenovela com o objetivo de direcionar publicidade a crianças por meio de uma ação de merchandising. Essa estratégia desrespeita a legislação brasileira que protege as crianças, inclusive nas relações de consumo, especialmente o artigo 227 da Constituição Federal, o Estatuto da Criança e do Adolescente, os artigos 36, 37 e 39 do Código de Defesa do Consumidor e a Resolução 163 do Conanda", afirmou Ekaterine Karageorgiadis, coordenadora do instituto ao Tele Padi.

O SBT já foi multado por merchandising infantil na novela "Carrossel", em 2015, e foi acusado de inserir publicidade no "Bom Dia & Cia".


Compartilhe: