Diário de S. Paulo

10/09/2017 - 17:42

Para Juliana Paes, Bibi é 'capaz de tudo'

Presa, Bibi (Juliana Paes) tentará enganar o delegado em 'A Força do Querer'

Por: Bárbara Saryne / Rio de Janeiro
[email protected]

Foto:

Hoje o tempo vai fechar para a personagem de Juliana Paes em "A Força do Querer". Detida pela polícia, a Perigosa vai ter de rebolar para se livrar de um delegado, que exigirá uma explicação para a foto publicada em suas redes sociais com o dinheiro sujo do tráfico.

Vítima do amor que sente pelo marido, Bibi vai mostrar que é, de fato, uma criminosa. "Acho que ela é capaz de tudo", afirma Juliana, feliz com a repercussão da personagem. Nas ruas, ela é ovacionada. E há quem chegue para aconselhar a "mulher do traficante Rubinho (Emílio Dantas)".

"'Sai dessa, não envereda por aí, larga esse homem', é o que eu mais escuto (risos)", conta a atriz. Os pitacos, no entanto, mudam de acordo com o público. "Na comunidade onde gravamos, em que as pessoas convivem com essa realidade mais de perto, o discurso muda. As mulheres olham para mim com piedade e dizem: 'Eu sei o que você está passando, também tenho marido preso'", revela.

Apegada ao texto de Gloria e ao personagem de Emílio Dantas, Juliana diz que não quer "Bibizar", o que para ela significa "dar uma de louca", mas revela que, assim como sua personagem, enxerga pureza no coração do amado de Bibi. "Ele passou muita dificuldade na infância e sempre foi comparado com o ex-namorado da mulher. Pessoas com essas características têm uma gana e uma necessidade de provar que conseguem vencer na vida", defende.

Admiradora da coragem e da raça da Perigosa, Juliana reconhece os defeitos da filha de Aurora (Elizângela), acredita que ela pode, sim, fazer uma maldade para a policial Jeiza (Paolla Oliveira) e diz que torce por um fim de redenção no Morro do Beco.

"As pessoas dão muitas sugestões. Morrer em novela é sempre dramático, mas é a redenção completa e definitiva (risos). Acho que seria ótimo", entrega ela, que acredita definitivamente no fim do amor do advogado Caio (Rodrigo Lombardi) e Bibi.

"Ela nunca teve dele um: 'Sem você eu não vivo'. Caio não é dado a essas explosões, e esse é o buraco que ela sentia na relação. Já o Rubinho é tão emocional quanto ela, os dois são pólvora e fogo", diz.

Ritmo frenético

Juliana já chegou a gravar 36 cenas em um dia e, por conta do excesso de trabalho, perdeu três quilos. "É falta de comer, gente! Eu fico muito sem apetite aqui. São cenas com teor forte, eu fico angustiada e choro", diz.

Mulher do morro

Em anos de carreira, "A Força do Querer" foi a primeira novela que levou a atriz para gravar em uma comunidade. E não é que tem sido bom? "Teve uma garota que chegou pra mim e disse: 'Tu ta representando bem mesmo'. Fiquei emocionada", conta Ju.


Compartilhe: