Diário de S. Paulo

11/09/2017 - 17:12

Atropelador que matou 4 acaba preso

Advogado disse que jovem se entregaria. Matheus foi encontrado em casa de parentes, em Heliópolis

Por: Diário SP
[email protected]

Foto: /Divulgação/Rota 

O motorista que atropelou e matou quatro pessoas em São José dos Campos, no Vale do Paraíba, foi preso nesta segunda-feira (11) na casa de parentes, em Heliópolis, Zona Sul da capital. Ele foi encontrado por policiais da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) após denúncia anônima.

Os agentes o levaram ao Decade (Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas) que o encaminhou à DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de São José.

O estudante de engenharia Matheus Jesus de Souza, de 19 anos, responderá por homicídio com dolo eventual (quando há intenção). A SSP informou em nota que a DIG abrirá inquérito que dará continuidade às investigações, aguarda laudos periciais e que o rapaz estava acompanhado pelo advogado.

Na última sexta-feira, o advogado Evair Souza declarou ao DIÁRIO que o jovem se apresentaria espontaneamente à delegacia.

O acusado não teria prestado socorro porque "uma multidão começou a ir pra cima dele e ele ficou com medo". Segundo o defensor, o acidente aconteceu por falta de visibilidade diante de uma neblina, "o semáforo estava aberto e ele não conseguiu frear. As pessoas não sinalizaram que estavam ali", disse.

No dia posterior ao acidente, amigos das vítimas reconheceram a caminhonete vermelha numa residência e a depredaram, além de terem invadido o imóvel. Três deles assinaram um Termo Circunstanciado e foram liberados.

O CASO/ Na quinta-feira, uma caminhonete atropelou e matou quatro pessoas na Rodovia General Euryali de Jesus Zerbini, em São José dos Campos. Três das vítimas prestavam socorro a motociclista que havia sido atropelado momentos antes. Vídeo do COI (Centro de Operações Integradas) mostra que o veículo estava em alta velocidade.


Compartilhe: