Diário de S. Paulo

06/09/2017 - 16:39

Novo modelo da Ferrari, Portofino substitui Califórnia

Esportivo da marca italiana mantém o propulsor V8 biturbo, que foi recalibrado para entregar ainda mais desempenho. Conversível pode chegar a 320 km/h

Foto: Divulgação

A Ferrari da foto é a Portofino, que chega neste mês no Salão de Frankfurt, Alemanha, como substituta da California. Num primeiro momento, parece apenas ter sofrido uma atualização visual. Mas estamos diante de um carro novo, comprovado pelo novo chassi, mais leve e rígido que o esportivo antecedente.

A novidade também exibe algum estilo próprio, como a traseira mais sutil e as saliências logo após as rodas dianteiras, que dão um efeito ilusório do para-lamas ser formado por duas peças.

Debaixo do capô, contudo, o motor é o mesmo da California, um V8 biturbo 3.9 litros recalibrado. Agora na Portofino, ele proporciona 600 cv de potência (são mais 40 cv) e 77,5 kgfm de torque (mais 0,5). Segundo a fabricante italiana, a aceleração de 0 a 100 km/h acontece em apenas 3,5 segundos e o esportivo conversível pode alcançar uma velocidade máxima de 320 km/h.

O salto de geração também trouxe aporte tecnológico. A Ferrari Portofino é dotada de um sistema multimídia com tela de 10,2 polegadas.

Dentro de sistema de direção, o diferencial traseiro apresenta controle eletrônico mais avançado e controle ainda mais rápido. Apreciando o habitáculo, nota-se bancos novos.

O lançamento oficial do carro será mês que vem, na mostra alemã. Preços ainda são desconhecidos e a venda deste tipo de carro no Brasil é algo bastante incomum. /Agência O DIA


Compartilhe: