Diário de S. Paulo

25/08/2017 - 17:56

PM mata dupla de suspeitos

Homens haviam invadido casa em Osasco. De acordo com a polícia, houve troca de tiros

Dois homens morreram e um acabou preso após roubarem uma casa em Osasco, na Grande São Paulo.

À polícia, o proprietário do imóvel, um funcionário público de 53 anos, disse que guardava o carro na garagem quando foi surpreendido por três homens, que chegaram em um Volkswagen Polo cinza.

O trio de suspeitos, segundo o boletim de ocorrência, teria descido do veículo, anunciado o assalto e invadido a casa. No local, eles procuraram por dinheiro.

Uma vizinha estranhou a movimentação e ligou para Polícia Militar. Os suspeitos perceberam a chegada dos agentes e tentaram fugir pulando para as casas vizinhas.

Gabriel David Marcondes de Oliveira, de 20 anos, foi preso durante a fuga. Os outros dois criminosos estavam escondidos em uma residência em obras, segundo o boletim de ocorrência.

Ao chegar no local, os policiais militares, de acordo com informações da SSP (Secretaria de Segurança Pública), foram recebidos com tiros e reagiram. Os disparos atingiram Gabriel Souza Silveira, 18, e Fagner Tiboa, 33. Eles não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

A PM afirmou ainda que dois revólveres calibre 38 e as armas dos policiais foram apreendidos e encaminhados para perícia.

O caso foi registrado como roubo a residência, morte decorrente de oposição à intervenção policial, tentativa de homicídio, resistência e apreensão de objeto. O 5º DP de Osasco será responsável pela investigação.


Compartilhe: