Diário de S. Paulo

10/08/2017 - 17:18

Suspenso, presidente Modesto Jr. comparece a evento

Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos

O presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, esteve, na quinta-feira (10), no evento de inauguração das novas bilheterias da Vila Belmiro, um dia depois de ter sido suspenso pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), por 120 dias, já que acusou o trio de arbitragem do jogo entre Santos e Flamengo, pela Copa do Brasil, de usar de interferência externa para tomar decisões na partida e não apresentou provas disso.

De acordo com o Código Brasileiro de Justiça Desportiva, Modesto não poderá exercer qualquer função no âmbito esportivo durante os próximos quatro meses. Por isso, embora tenha comparecido ao evento de maneira oficial, preferiu não falar com a imprensa.

O clube entende que Modesto não desrespeitou a punição imposta pelo STJD por maioria de votos. Já foi pedido um efeito suspensivo para o presidente, que não compareceu à Vila Belmiro para o jogo contra o Atlético-PR. Durante a suspensão, Modesto só poderá frequentar as praças esportivas como um torcedor comum, comprando ingresso e se alocando na arquibancada, sem ter qualquer tipo de acesso a áreas restritas.

O Santos, que já recorreu da punição, agora tem como mandatário principal o vice-presidente Cesar Conforti. É ele quem responderá oficialmente pelo clube nos próximos meses ou, ao menos, enquanto durar a punição de Modesto, que não pode nem sequer assinar contratos de renovação em trâmites com Lucas Lima ou Ricardo Oliveira, por exemplo, em nome do Santos.


Compartilhe: