Diário de S. Paulo

22/08/2017 - 18:44

Choque entre mundos

'A Torre Negra' é a primeira de duas adaptações do consagrado autor Stephen King a invadir as telonas. Dirigido por Nikolaj Arcel, o filme fala de uma lenda e estreia neste fim de semana

Por: Assinatura / cidade
[email protected]

Adaptar uma obra literária é tarefa complicada. Principalmente quando esta obra não se resume a apenas um livro, mas vários. Apresentar na telona todos os personagens, suas histórias, dilemas, conflitos e convicções, num curto espaço de tempo, é quase impossível. De tempos em tempos, e com muita frequência nos últimos anos, diretores se arriscam nessa empreitada. Às vezes, elas dão certo, seja do ponto de vista financeiro ou de fidelidade ao material original, como "Senhor dos Anéis", "Harry Potter" e "Jogos Vorazes". O recém-chegado "A Torre Negra" é mais uma produção que luta por seu lugar ao sol.

Baseado na saga escrita por Stephen King, autor de "IT", "O Iluminado" e "Carrie - A Estranha", o filme tem direção de Nikolaj Arcel e traz Idris Elba no papel de Pistoleiro, e Matthew McConaughey no papel de Homem de Preto, herói e vilão respectivamente. Na história, tomamos ciência de que existe uma torre negra que protege os mundos deste universo de seres das trevas que tentam destruir tudo que há. Segundo a lenda, a mente de uma simples criança seria capaz de destruir a torre, e é baseado nessa afirmativa que o Homem de Preto traça seu plano para conquistar tudo que há, incluindo nosso planeta.

E esta criança é o jovem Jake Chambers (Tom Taylor), que vive em Nova York e tem constantes pesadelos/visões com o futuro apocalíptico que esta prestes a acontecer. Porém, mesmo com uma premissa interessante, oriunda de uma obra aclamada pela crítica especializada, o longa possui vários erros que prejudicam a experiência de assisti-lo. Os personagens são clichês e rasos, suas convicções e motivações não são explicadas, incluindo a do próprio vilão, e mesmo com apenas uma hora e meia de duração, o roteiro se mostra arrastado e cansativo.


Compartilhe: