Diário de S. Paulo

17/06/2017 - 22:45

Palmeiras conquista primeira vitória fora de casa

Elétrico, Verdão mostra eficiência no ataque e erros na defesa

Por: Arthur Stabile
[email protected]

Foto: /Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Sobrou emoção na primeira vitória do Palmeiras fora de casa pelo Brasileirão. Com ataque eficiente e erros grotescos na defesa, o Verdão goleou o Bahia, por 4 a 2.

Róger Guedes, Keno e Willian, o trio de ataque, deixaram um gol cada na vitória. Guerra, armador, pensou o jogo e foi decisivo na Fonte Nova. Erik entrou no fim e deu assistência para Willian decretar a goleada.

O ataque eficiente teve a defesa como contraponto. Mina levou drible da vaca no primeiro gol baiano e Juninho perdeu o tempo de bola no segundo. Ambos compensaram no terceiro gol do Palmeiras, com cabeceio do garoto e gol do colombiano.

A vitória fez o Alviverde encerrar sequência de quatro derrotas como visitante no nacional - eram seis com Libertadores e Copa do Brasil. Com dez pontos, o Verdão está em 12º na tabela.

Nesta quarta-feira, o Palmeiras recebe o Atlético-GO, às 21h, no Allianz Parque. 

Sem descanso/ O torcedor que assistiu ao jogo mal teve tempo de respirar. Elétrico e com marcação aos zagueiros rivais, o Verdão logo conseguiu ser objetivo.

Guerra lançou Keno, que invadiu a área, sofreu carrinho certeiro da zaga e caiu. O juiz Rodolpho Toski Marques foi na dele e assinalou pênalti. Róger Guedes fez a cobrança e bateu com categoria no fundo da rede de Jean.

Controlando o jogo, o time bobeou. Zé Rafael humilhou Mina no drible e bateu. Fernando Prass pegou o chute e o rebote, mas, na terceira tentativa, Vinícius empatou.

A etapa final rendeu mais emoções. Em passe açucarado de Guerra, o baiano Keno, destaque alviverde, mandou a bola no ângulo: 2 a 1. O Palmeiras ampliou no Cucabol: , em falta lance de falta, Juninho deu passe para Mina definir. No lance seguinte, o zagueiro de 22 anos errou o tempo da bola, Mina não conseguiu salvar e João Paulo diminuiu. A pressão do Bahia só não surtiu efeito porque Erik, que substituiu Keno, fez o pivô e Willian marcou um golaço para fechar o placar: 4 a 2.


Compartilhe: