Diário de S. Paulo

18/05/2017 - 16:23

'Não renunciarei', afirma Michel Temer

Por: DiárioSP
Com Ag. Brasil

Foto: Reprodução

O presidente Michel Temer (PMDB) afirmou que não renunciará ao cargo de presidente do Brasil: "Não renunciarei. Repito: não renunciarei".

Leia mais:

Fachin autoriza abertura de inquérito para investigar Temer

Fachin afasta Aécio e nega pedido de prisão

Na tarde desta quinta-feira (18), Temer fez seu primeiro pronunciamento após Joesley Batista, dono da empresa JBS, dizer, em delação premiada, que tem um áudio em que o presidente recomenda manter o pagamento de uma mesada a Eduardo Cunha, a fim de mantê-lo em silêncio. Ex-presidente da Câmara, Cunha está preso em Curitiba.

“Todo o imenso esforço de retirar o país da recessão pode se tornar inútil. Não podemos jogar no lixo da história tanto trabalho”, disse Michel Temer. "Não temo nenhuma delação. Não tenho nada a esconder", completou.

Também nesta quinta-feira, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin homologou a delação premiada dos irmãos Joesley Batista e Wesley Batista, donos do grupo JBS, firmada com o Ministério Público Federal (MPF) e abriu inquérito para investigar o presidente Michel Temer.

OUÇA O ÁUDIO DA CONVERSA ENTRE TEMER E JOESLEY DIVULGADO PELO STF

Segundo Temer, a investigação do Supremo Tribunal Federal (STF) será território onde surgirão todas as explicações e nunca autorizou ninguém a usar seu nome indevidamente. “No Supremo, demonstrarei não ter nenhum envolvimento com esses fatos”, disse.

Confira o vídeo do pronunciamento:


Compartilhe: